Avançar para o conteúdo principal

O Bolo de Café da Minha Avó





Ingredientes

4 ovos médios à temperatura ambiente (de preferência caseiros ou biológicos), separados
275g de açúcar amarelo
80 ml de café forte, morno (cerca de 1 chávena de café)
225g de farinha de trigo
1 c.sopa de fermento em pó
1 c.chá de canela em pó
açúcar em pó para polvilhar no final

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180 ºC. Untar com manteiga uma forma redonda de buraco (a minha tem cerca de 22 a 24 cm de diâmetro) e polvilhar com farinha.
Reservar.
Numa taça, bater as claras com uma pitada de sal fino, até ficarem em castelo, bem firmes.
Á parte, bater as gemas com o açúcar (costumo juntar 1 pouco das claras já batidas - cerca de 1 c.sopa) até a mistura ficar bem fofa e esbranquiçada. Juntar o café e misturar bem.
Peneirar para a taça a farinha com o fermento e a canela em pó e bater até a massa ficar bem uniforme. Finalmente, incorporar as claras batidas, envolvendo suavemente para não retirar o ar.
Distribuir a massa na forma e levar ao forno durante 40 a 45 minutos (não abrir a porta do forno antes da primeira meia hora da cozedura, para o bolo não ir abaixo), ou até o bolo estar cozido, verificando com um palito (se este sair seco, o bolo está pronto).
Retirar o bolo do forno e deixar arrefecer um pouco numa rede metálica antes de desenformar.
Quando estiver frio, polvilhar toda a superfície com açúcar em pó e servir em fatias.

Receita retirada daqui: : Fabrico Caseiro.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão Doce (Receita Original – Do norte de Portugal)

1 kg farinha 12 ovos = 11 gemas + 1 ovo inteiro 150 gr manteiga 100 g fermento de padeiro 250 dl. De água 300 gr açúcar Pau de canela q.b. Casca de limão q.b. Casca de laranja q.b. Banha de porco (1 colher de sopa) Vinho do porto e sal q.b.
Ferve-se a agua ( um pouquinho acima da medida para ficar com o aroma das cascas) com o pau de canela, casca de limão e casca de laranja, depois de estar bem cozido, retira-se do lume, mete-se a medida certa para outro tacho (Só a agua).  Em seguida adiciona-se o sal, o açúcar, a banha, o vinho do porto e um pouco de sumo de laranja e a manteiga, deixar ferver até derreter as gorduras. Apaga-se o lume e reserva-se a calda.



Amassa-se o fermento num pouco de farinha e deixa-se levedar, enquanto isso batem-se os ovos, mais ou menos 20 minutos (até ficar o dobro e quase brancas).


Amassa-se a restante farinha com o fermento, junta-se a calda morna e amassa-se bem, por fim junta-se os ovos e amassa-se até a massa ficar macia e não colar aos dedos (se fo…

Sabonete de Cenoura e Mel

Requinte:
Sumo de Cenoura natural, Leite de Cabra e Mel.
Resultado:



A pedido de diversas pessoas,  deixo a Formula deste lindo sabonete:

3 semanas depois, já secou e comprovo a qualidade. Tem um cheiro a mel e espuma amarela que, com a água desaparece e deixa abludada a pele.


Aprenda a fazer o seu sabão :
Tutorial (Clicar aqui)

O ensinamento desta receita veio daqui: The Nerdy Farm Wife



CALCULADORA DE SAPONIFICAÇÃO

Rabanadas Poveiras

Ingredientes:
Leite suficiente para humedecer todo o pão pães (bijou ou molete) secos  (3 a 4 dias) Gemas de ovo Mel Canela em pó Açúcar
Preparação:
Colocar num tacho 1 litro de leite, 3 gemas de ovo, 1 colher de sobremesa cheia de mel, 4 colheres de açúcar (a gosto), 1 colher de café cheia de canela em pó, (acrescentei farinha custarda,deu um tom  mais amarelo ao leite e poupei nas gemas ), bater com varinha magica para misturar bem, levar ao lume a amornar. Retirar do lume.   Cada 1 dos 16 pães (que eu usei nesta receita) é descascado das côdeas e depois mergulhado na mistura do leite morno, cerca de 8 minutos virando dum lado e do outro para encharcar o interior do pão. Entretanto colocar numa tigela as gemas de ovo e bater para misturar bem. Escorrer com as mãos cada pão, retirando o excesso de leite, passa-lo pelas gemas batidas e fritar em óleo bem quente. Escorrer em papel absorvente. Passar cada rabanada por uma mistura de açúcar com canela.
Servir. Bom apetite!